Por entre o real e o… irreal.

dancando-ao-por-do-sol2

 De caneca de café acabadinho de fazer com o seu suave aroma a inebriar-me, olho por entre os vidros da janela da cozinha… o mar, que ao longe me sorri, como que a chamar-me, reflecte o azul do céu por entre o verde das frondosas árvores à minha frente.

Mergulho o olhar naquele mar calmo como se fosse um lençol azul sem qualquer tipo de ondas…que sensação de paz, de plenitude, ele me oferece!

A realidade está ali bem patente: o mar calmo de hoje substitui as ondas alterosas e violentas de ontem, dando uma sensação de tranquilidade ao meu ser.

O Sol radioso, como que a chamar-me igualmente, incide nos meus cabelos; sinto-o como uma carícia e deixo-me embalar por ela.

E um pensamento aflora ao meu espírito… qual a fronteira entre o real e o virtual?

Poderemos ser duas pessoas numa só?

Alguém me dizia ontem, com o carinho que a amizade confere, para que eu, não fosse eu.

Ou seja, que no mundo real fosse eu e que no virtual fosse outra… mas será isso possível?

Como se pode ser duas pessoas diferentes, ignorando cada uma delas, aquilo que a outra é?

Mesmo num mundo de brincadeira como deixaremos de ser nós próprios e passamos a agir como se fossemos outra pessoa?

Olho para lá do mar até onde a minha vista alcança e relembro tanta coisa, passada e presente, que se fundem numa só e penso como seria deixar de ser eu e ser um boneco manejável, sem sentimentos, sem alma, que pudesse só rir e brincar.

Por momentos, recordo a minha ilha do Douro e gostaria de teleportar-me para lá e ficar lá, quem sabe, para sempre.

Um mundo de faz de conta, onde se pode fazer tudo (poder-se-á mesmo?) onde poderemos escolher quem quisermos ser.

Mas afinal, quem escolhe quem?

O real ultrapassa o irreal ou vice-versa? 

“Vivem em nós inúmeros;
Se penso ou sinto, ignoro
Quem é que pensa ou sente.
Sou somente o lugar
Onde se sente ou pensa. “Dizia-nos Fernando Pessoa no papel (ou seria avatar?) de Ricardo Reis.

 E continua  Ricardo Reis… 

“Tenho mais almas que uma.
Há mais eus do que eu mesmo.
Existo todavia
Indiferente a todos.
Faço-os calar: eu falo.

Os impulsos cruzados
Do que sinto ou não sinto
Disputam em quem sou.
Ignoro-os. Nada ditam
A quem me sei: eu ‘screvo.”

Entre o real e o virtual, qual é a fronteira?

Nesta viragem do caminho que a Aradhana resolveu encetar, provavelmente, será isso mesmo que irá descobrir… 

 

Anúncios

2 pensamentos sobre “Por entre o real e o… irreal.

  1. Ara minha querida amiga de longas horas de conversa neste mundo de imaginação que é o Sl….gostei tanto do que li! sabia que és uma mulher de força e determinação. tenho as mesmas duvidas que tu sobre se puderemos ser duas pessoas diferentes em simultaneo, e creio que não. cada um de nós traz para o SL a pessoa que é, com tudo o que isso implica. Umas vezes é muito bom outras nem por isso. Mas é isto mesmo que torna este mundo tão especial.
    Um grande beijinho Ara, vou continuar a mandar-te IM cada vez que me derem um veado….e quem é que na RL nos dá veados ás 5h da manhã???

  2. Lizie querida feliz fico por concordares também comigo nesta matéria, porque realmente acho quase impossível deixar de levar aquilo que sou no real para um mundo que mesmo sendo virtual, nos capta a alma e os sentidos.
    Creios que os avatares são um prolongamento do nosso “eu” aquele que, se calhar, até desconhecemos.
    Adoro as nossas conversas e és uma pessoa que mesmo através do virtual consegue passar toda a tua força e sensibilidade que me faz tanto bem!

    Grata por assim seres.

    Beijinho e sim, continua a mandar-me IM quando te oferecerem um veado às 5 da manhã ou outro qualquer dos teus “amiguitos” que tens aí no teu paraíso. 😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s